Logo



Posts Recentes



11 agosto 2017

Esqueça o amanhã - Pintip Dunn



Em uma sociedade onde jovens recebem uma visão de seu futuro quando completam 17 anos, todos têm uma carreira a qual dedicar seus esforços. Um campeão de natação, um renomado cientista, um chef de sucesso… ou, no caso de Callie, uma assassina. Em sua visão, a garota se vê matando a própria irmã. Antes que ela possa entender o que aconteceu, Callie é presa – e a única pessoa capaz de ajudá-la é Logan, uma paixonite de infância com quem não fala há cinco anos. Agora, Callie precisa descobrir uma forma de proteger sua irmã da pior das ameaças: ela mesma.

    Ao completar 17 anos você terá uma visão. Não é uma visão qualquer, é bastante rápida e te fará experimentar tudo daquilo que verá: todas as sensações, dores, odores... do que será seu futuro. Você pode ver, nessa experiência, alguns breves minutos sobre o que será sua profissão, ou com quem se casará ou, então, no caso de Callie, o momento em que você se tornará uma assassina. Da sua irmã. 
    Assim que Callie recebe sua visão, um alarme é disparado. Em pouco tempo ela é presa e descobre uma gigantesca quantidade de pessoas que vivem nessa situação: não cometeram seus crimes, mas são potenciais, ou melhor, prováveis, criminosos, já que seus futuros mostraram imagens que eles não esperavam, de crimes sendo cometidos por eles. Mesmo sem ter feito nada, as pessoas são presas e impedidas, com isso, de cometerem os crimes. Pelo menos é o que Callie pensa, até descobrir que não é bem assim que acontece. 
    Logan, um amigo de infância de Callie, se torna a pessoa chave para ajudá-la na jornada de sair da prisão e salvar sua irmã, ao mesmo tempo que tenta impedir que sua visão do futuro. É nesse processo que ela percebe quem são os verdadeiros inimigos e contra o quê ela deve voltar. A verdade é que a maior ameaça para sua irmã não é Callie, mas sim o Governo, disposto a fazer de tudo para se apoderar daqueles que possuem poderes sobrenaturais, que é o caso da talentosa irmã de Callie.
    Em uma história intensa, com uma distopia muito bem estruturada (apesar de sempre nos fazer lembrar daquelas já velhas conhecidas), Esqueça o amanhã é um livro incrível de se ler, me prendeu muito em seu início e no final, com uma pequena parte no meio em que me demorei mais para prosseguir, não sei se por um momento ruim de leitura ou porque o livro se mostrou mais demorado e arrastado.
    A ideia dessa trama, de forma geral, foi bastante original. Afinal, o que faríamos se pudéssemos ter visões de nossos futuros? Como trataríamos, de verdade, aqueles que se revelassem criminosos? Será que ter uma visão de uma profissão nos ajudaria a focar naquilo que precisamos fazer para chegar lá? Foram muitas as questões que levantei e "filosofei" durante a leitura. Foi interessante pensar em tudo isso, acredito que poderia ser mais fácil para uns e mais difícil para outros... como por exemplo: você, que vai se formar como bióloga e ainda não sabe para que área vai seguir de verdade, se visse o futuro já poderia começar a se focar desde já (esse é um exemplo totalmente fictício, gente, nada a ver com alguma possível realidade cof cof cof), mas então eu penso: e se a pessoa sempre sonhou em ser atriz e no fim, descobre que não vai conseguir seu emprego dos sonhos e vai acabar lecionando algo que jamais imaginou, será que a decepção antecipada não seria horrível demais?
    Enfim, divagações a parte, adorei o jeito que Pintip escreve, ela se revelou uma autora com muito potencial e me fez ter muita vontade de ler as continuações dessa história, principalmente depois do final desse livro onde eu, por mais educada que seja hihihi, quase soltei um belíssimo de um palavrão :'D.
   A edição da Galera Record está incrível, com uma capa lindíssima, com relevos e aplicações douradas. Pra quem procura uma aventura sem complicações demais, uma distopia bem amarrada, esse livro é ideal.

10 comentários:

  1. Oi, Kathleen!
    Gente, achei esse livro com mó vibes de Minority Report. Eu amo esse filme e por essas vibes fiquei interessada em dar uma conferida sim.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra ao livro Depois do Fim autografado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh, pior que é mesmo, Luiza! hahaha Pena que não tem um Tom Cruise ): hahaaha Confira e me conta o que achasse :D
      Beijoss

      Excluir
  2. Olá, Kathleen.
    Por essa capa achei que fosse ser outro gênero hehe. Mas a história é muito interessante mesmo e acho que não tem como não ficar se questionando como seria se isso realmente acontecesse. Eu particularmente acho que cada ação nossa muda nosso futuro, então acho que seria um livro que me faria pensar bastante.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, né, Sil? A capa parece que não tem nada a ver com a proposta do livro... E eu concordo muito com você! Existe um livro chamado Matéria Escura, foi lançamento da Intrínseca não faz muito tempo, e ele fala sobre isso, mas com a questão de que a cada ação diferente, nós criamos um universo paralelo... eu acho uma viagem, adoro ficar divagando nesses assuntos! haahah
      Beijoss

      Excluir
  3. Oi, Kathleen!

    Eu amei essa capa, muito linda! E sou apaixonada por distopias, é meu gênero preferido e a premissa desse livro é muito boa. Não conhecia, mas já adicionei na minha wishlist, kkkkk.

    Beijos,
    Isa
    http://viciadas-em-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha que bom que você curtiu, Isa! Quando você o ler, venha me contar se gostou, ok?
      Beijoss

      Excluir
  4. Oi, Kathllen.
    Puxa que bom saber que curtiu a história, eu li e confesso que fiquei um tanto decepcionada, esperava que a protagonista fosse mais forte e não que ficasse esquecida e apagada por causa de Logan.
    Acho que a história poderia ter sido muito melhor, contudo ainda quero ler os próximos para saber o que irá acontecer rs.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila! Super entendo sua colocação e não posso deixar de concordar. Felizmente, não foi algo que me afetou tanto a ponto de não me deixar gostar da leitura... Vamos esperar que nos próximos isso seja reparado :/
      Beijoss

      Excluir
  5. Oi Kath!
    Puxa, deixa eu te contar que já tinha visto a sinopse deste livro por ai porque parei para admirar a capa e nem tinha me interessado tanto assim, mas sua resenha me chamou bastante a atenção.
    Se bem que a ideia de poder ter visões do nosso futuro não me agrada tanto assim, parece algo bem assustador, sem falar que como você mencionou, descobrir que você sempre quis ser nunca vai acontecer pode ser arrasador.
    Como não sou muito fã de distopias, não sei se conseguiria acompanhar, mas ainda assim parece uma temática bem interessante.

    Beijos!
    www.blogleituravirtual.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marina!
      Que bom que a resenha te interessou! Realmente, ia ser assustador mesmo, mas achei bacana a ideia de transportar isso pra história, foi bastante original...
      Beijoss

      Excluir

Obrigada pelo seu comentário! sua opinião é muito importante aqui no Vida em Marte, vou ler e responder com carinho ;)

Pin It button on image hover