Logo



Posts Recentes



29 julho 2016

Fuga da Biblioteca do Sr. Lemoncello - Chris Grabenstein

     
     Conseguir um convite para a noite de inauguração da nova biblioteca da cidade exigiu de Kyle Keeley muito trabalho e uma pitada de sorte. O que ele não sabe é que entrar é a parte fácil. Para sair de lá, ele vai precisar de bem mais do que sorte ou inteligência. Tente você também desvendar este mistério!

     Kyle Keeley tem doze anos e não gosta muito de estudar, nem de esportes. Irmão mais novo de Mike, um exímio atleta, e de Curtis, um gênio adolescente, Kyle vê nos jogos de tabuleiro a chance de superar seus irmãos em alguma coisa.
      Seu ídolo é Luigi Lemoncello, um famoso inventor de jogos (de tabuleiros, de vídeo-games, todos os tipos). Ao descobrir que ele é o responsável pela abertura da nova biblioteca da cidade, Kyle fará de tudo pra ganhar a promoção de inauguração para ganhar prêmios e conhecer seu ídolo. A promessa de diversão durante uma noite inteira se torna realidade, mas quando o dia amanhece e os participantes acordam, veem que as portas continuam trancadas e têm que descobrir uma maneira de sair de lá, seguindo pistas, no mais novo jogo do Sr. Lemoncello.
      O livro começou com uma decepção pra mim. Apesar de nunca ter lido nada de Grabenstein e de nem sequer conhecê-lo, resolvi ler este livro pela promessa de ter enigmas para se desvendar. E de fato tinha, mas como o livro é infanto-juvenil, tais enigmas não eram tão difíceis ou tão bem elaborados.
     Isso não quer dizer que não gostei do livro, pois ele traz alguns pontos interessantes. Justamente por ser infanto-juvenil, sua leitura é fácil e rápida, com uma narração simples e direta e com capítulos curtos fazendo a minha alegria.
   Por se passar em uma biblioteca, não faltam citações de diversos livros durante a história, principalmente clássicos como Sherlock Holmes, 1984, Dom Quixote, Os Três Mosqueteiros, entre outros, ressaltando a importância da leitura como complemento ao aprendizado moral dos jovens.
     A importância do trabalho em equipe e o repúdio à arrogância e ao egoísmo também são trazidos à tona, tendo grande influência no resultado final da disputa.
     Em relação à capa, eu achei muito legal, tendo relação com a história e com o público-alvo.
  Eu acho que o livro é bem interessante para quem está começando no mundo dos livros, principalmente para pré-adolescentes e adolescentes. Mas nada impede que qualquer um que curta esse tipo de história ou que queira uma folga de leituras maçantes leia e acabe gostando.


Post pelo colaborador: João Victor Krüger

10 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Eu estou doida para ler esse livro, pois ele parece ser bem divertido e tal. A capa é um amorzinho, adoro!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Larissa. Tudo bem, e com você?

      Siim, ele é bem divertido mesmo. Apesar de as pistas serem um pouco fáceis, dá pra brincar desvendando-as shauhsa. A capa também achei muito legal hahaha.

      Beeijos.

      Excluir
  2. Oi João Victor!
    Adorei sua resenha e a sinopse do livro! Nunca li nada assim, mas já vi resenha de vários livros que abordam este tema e tenho muita vontade de conhecer! Vou ver se encontro para ler.
    Beijo
    www.blogleituravirtual.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, Marina

      Muito obrigado, que bom que gostasse hahah. Já que tens vontade de conhecer livros com essa temática, esse é uma boa indicação, tente lê-lo mesmo sahusha

      Beijoss.

      Excluir
  3. Adorei a resenha! Mesmo sendo infanto-juvenil, fiquei com muita vontade de ler, a história parece ser bem original e diferente de tudo que já li ^^
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado ^^. Realmente eu nunca li nenhum livro com essa temática e me pareceu bem original. Tenta dar uma lida nele, diversificar um pouco e fugir de leituras pesadas :D

      Beijoos.

      Excluir
  4. Sempre achei a capa linda mas não sabia do que se tratava a história,
    É bem interessante ter que ir desvendando enigmas durante a leitura, mas por ser infanto-juvenil perde a graça nele,
    Deve ser ótimo para incentivar a leitura dos jovens e ainda fazê-los conhecer os clássicos citados,
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mandy

      Siim, exatamente o que eu acho. Desvendar segredos na leitura é muito legal, mas nesse caso os enigmas são mais fáceis e perde um pouco da graça shausha. Concordo com você, é ótimo pra incentivar crianças e jovens, tanto a ler quanto a raciocinar, assim como conhecer os clássicos, como você disse hahaha.

      Beeijos.

      Excluir
  5. Olá!
    Que gracinha a capa desse livro, me deu logo vontade de saber do que se tratava. Adoro enigmas, que pena que foram tão fáceis de desvendar, mas esses livros mais bobinhos são bem gostosos pra relaxar e passar o tempo c: Parece ser uma leitura divertida!

    Beijo,
    (letitbela.com)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi, Isabela.

      Foi exatamente o que pensei, uma decepção pelos enigmas serem fáceis, mas uma leitura bem gostosa, que passa num piscar de olhos hsuahusa.

      Beijos.

      Excluir

Obrigada pelo seu comentário! sua opinião é muito importante aqui no Vida em Marte, vou ler e responder com carinho ;)

Pin It button on image hover