Logo



Posts Recentes



26 fevereiro 2016

O Demonologista - Andrew Pyper

   “A maior astúcia do Diabo é nos convencer de que ele não existe”, escreveu o poeta francês Charles Baudelaire. Já a grande astúcia de Andrew Pyper, autor de O DEMONOLOGISTA (DarkSide® Books, 2015), é fazer até o mais cético dos leitores duvidar de suas certezas. E, se possível, evitar caminhos mal-iluminados.O personagem que dá título ao best-seller internacional é David Ullman, renomado professor da Universidade de Columbia, especializado na figura literária do Diabo – principalmente na obra-prima de John Milton, Paraíso Perdido. Para David, o Anjo Caído é apenas um ser mitológico. Ao aceitar um convite para testemunhar um suposto fenômeno sobrenatural em Veneza, David começa a ter motivos pessoais para mudar de opinião. O que seria apenas um boa desculpa para tirar férias na Itália com sua filha de 12 anos se transforma em uma jornada assustadora aos recantos mais sombrios da alma. Enquanto corre contra o tempo, David precisa decifrar pistas escondidas no clássico Paraíso Perdido, e usar tudo o que aprendeu para enfrentar O Inominável e salvar sua filha do Inferno.

   "O Demonologista" é a mais recente obra de Andrew Pyper, vencedora do Prêmio de Melhor Romance do International Thriller Writers Award de 2014. O autor canadense já ganhou o Arthur Ellis Award com o livro "Lost Girls" e o seu outro livro, "The Killing Circle", foi eleito o melhor romance policial do ano de 2008 pelo New York Times.
   A história do livro gira em torno de David Ullman, ateu, professor da Universidade de Columbia, alcançou o auge da carreira com seus trabalhos sobre o Diabo, interpretando o livro "Paraíso Perdido" de John Milton. Apesar de uma carreira bem sucedida, a vida de David vai de mal a pior, e o casamento arruinado e as desavenças com um colega de trabalho são o que menos o preocupa. Na verdade isso só serve para aumentar ainda mais a melancolia que ele carrega a vida toda e que tenta esconder de todos.
   No meio desse caos que está a sua vida, eis que ele recebe um convite estranho de uma pessoa mais estranha ainda: testemunhar um "fenômeno" em Veneza, sem receber qualquer detalhe a mais. Para fugir dos problemas, pensando que seria bom uma viagem para Veneza com tudo pago e receber uma boa grana apenas para testemunhar um acontecimento, ele resolve aceitar a oferta e levar a filha, Tess, uma garota de 11 anos que carrega a mesma melancolia do pai.
   Porém, o fenômeno que o esperava era muito mais obscuro do que imaginava. Ele vê um demônio e sua filha desaparece. Os policiais a dão como morta, mas algo diz para David que isso não é verdade. Seguindo pistas dadas pelo demônio e pelo livro de sua pesquisa, ele corre contra o tempo para tentar resgatar Tess. Será que ele está vendo coisas? E como falar isso para alguém sem soar como louco? Será que ele está louco?
   Alguém tem que dar um prêmio pra quem escreveu o primeiro parágrafo dessa sinopse. Não vou dar detalhes das minhas crenças, mas confesso que esse livro me fez repensá-las. O que Andrew escreve nesse livro te faz refletir sobre a sua fé e sobre a sua sanidade mental de uma maneira que nunca vi. Te faz duvidar de tudo que você acredita ser real ou não, e dizer que eu não gostei disso seria mentir.
   Sobre a escrita do autor, eu achei muito boa. Tiveram alguns trechos que eu achei confusos, mas nada que desanimasse ou tirasse o sentido. E lendo o livro, te dá a sensação de estar em um cenário de filme de terror, como "O Exorcista" ou algo do tipo, te faz sentir como o próprio personagem principal. Achei a narrativa parecida com os livros das aventuras de Robert Langdon, escritos por Dan Brown, só que com um toque de terror e sem tantos enigmas.
   Outra coisa que eu gostei foram as notas de rodapé sobre os pontos turísticos dos EUA e as expressões da língua inglesa em que o autor não se deu o trabalho de explicar. Não é lá algo muito necessário, mas acredito que facilite um pouco a leitura pra quem não é familiarizado.
   E tem os pontos negativos. Um é um velho problema: os erros de português. Claro que fiquei irritado quando encontrei esses erros, mas foram poucos e vi que foram erros que apenas passaram despercebidos (apesar de achar que não é desculpa, mas né?). O outro é mais pessoal: o maldito final ambíguo, aquele que você não sabe o que aconteceu, que a interpretação fica pra você. Ai, como eu odeio esses finais!
   No geral, o livro é ótimo, te prende do começo ao fim. Pra quem gosta desse tipo de final, então, o livro é ótimo do início ao fim. Para os que não gostam, como eu, ele só peca nessa parte mesmo. Isso tudo sem falar nessa edição maravilhosa da DarkSide, né? Não é segredo que sou grande fã dos livros da editora, principalmente por essas edições em capa dura que deixam tudo mais bonito ainda.

   Obs.: No próprio livro, há a informação de que ele está sendo adaptado para o cinema. A adaptação será dirigida por Robert Zemeckis (Forrest Gump e trilogia De Volta Para o Futuro). Então podem esperar que logo, logo estará saindo o filme o/



















                                               Post pelo colaborador: João Victor Krüger

16 comentários:

  1. Amei a resenha, gente o livro é lindo, já estou com vontade de comprar!
    bjooss
    www.gizahcastro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gisele

      Muito obrigado, e o livro é mesmo muito bonito. Pode comprar que você não vai se arrepender hahahah

      Beijoss.

      Excluir
  2. Ótima resenha :*

    http://a-cacheada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. E aí João td bom?
    Cara eu li esse livro, e partilho da sua opinião em geral. Gostei da história, uma boa trama, e mais ainda pra mim que curto esse gênero literário. Tbem fiquei irritado com o final, mas entendo que o autor queira que cada um decida o final de acordo com suas crenças. Ótima resenha...

    http://www.blogleituravirtual.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Gustavo. Tudo certo, e contigo?

      hahaha que bom que tem alguém com a opinião como a minha. Pois é, apesar de não ter gostado do final, entendo o ponto do autor também, acredito que seja um jeito de não ferir a crença de ninguém, mas né hsuahsua. Obrigado, Gustavo.

      Abraços.

      Excluir
  4. Oi, João!
    Eu quero muito ler esse livro. Vi algumas resenhas negativas, mas isso não me desmotivou
    E essa edição linda! A DarkSide arrasa!
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe do sorteio do livro Marianas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi, Luiza Helena

      Não se deixe abalar pelas críticas suahsuahs Realmente a edição é linda, não tem ninguém que faça capas como a DarkSide.

      Beeijos.

      Excluir
  5. geeente, que loucura de enredo. gostei que vc disse que lembra a narrativa do Dan Brown. adoro os livros dele :O beeijo, Ja fomos legais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lorraine

      Pensei a mesma coisa quando vi shauhsauhs Também gosto muito dos livros do Dan Brown, por isso que gostei desse e que fiz a comparação hahaha

      Beijoos.

      Excluir
  6. Olá João Victor!
    Parabéns por sua resenha!
    O que eu mais gostei neste livro foi o fato de o autor nos fazer pensar se o personagem estava enfrentando aquilo tudo de verdade ou se era tudo ilusão, criação da mente de David por causa da perda da filha. Isso deixou o livro muito tenso haha

    Também achei que o final deixou um pouquinho a desejar, ficou meio confuso de entender logo da primeira vez. Mas o livro é bom ainda assim.

    Beijos
    http://www.blogleituravirtual.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marina

      Obrigado hahah. Eu achei isso bem interessante também, mas fique decepcionado que o autor não responde isso no final. Eu odeio finais ambíguos shauhsuah Mas concordo contigo que o livro é bom mesmo assim.

      Beijoss.

      Excluir
  7. Oi, tudo bem?
    Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas gostei dele de cara.
    A premissa me interessou muito e o acabamento é maravilhoso. Quero ler o mais rápido possível, já está na minha lista de desejados.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Sávio. Tudo bem, e com você?

      Pois é, essa capa faz a gente gostar dele logo que o vê, não é? E a sinopse só tende a confirmar o desejo de tê-lo. Foi assim que me obriguei a comprá-lo kkk.

      Abraços.

      Excluir
  8. Meu amigo do trabalho estava lendo esse livro, estava super animado.
    Gostei da resenha, vou ver se pego emprestado com o meu amigo pra ler. :)

    Bjs!
    auniversitaria.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rayane

      Que bom que você gostou hahaha ^^. Peça pra ele, não vai custar nada e não vais se arrepender :D

      Beijoos.

      Excluir

Obrigada pelo seu comentário! sua opinião é muito importante aqui no Vida em Marte, vou ler e responder com carinho ;)

Pin It button on image hover