Logo



Posts Recentes



19 janeiro 2016

Endgame, O Chamado - James Frey e Nils Johnson-Shelton

   Terra. Agora. Hoje. Amanhã. O Endgame é real e vai começar. O futuro ainda não está escrito. O que tiver que ser será. Doze jogadores. Jovens, mas pertencentes a linhagens ancestrais. Das quais descende toda a humanidade. Linhagens escolhidas milênios atrás. E que vêm se preparando desde então. Eles não têm poderes sobrenaturais. Não podem voar, não transforma chumbo em ouro nem curam a si mesmos. Quando a morte chega, eles morrem. Eles e todos nós. São os herdeiros da Terra, e cabe a eles resolver o Grande Mistério da Salvação. Um deles precisará conseguir fazer isso, ou todos estaremos perdidos. Leia o livro. Encontre as pistas. Decifre o enigma. Só um pode ganhar. O Endgame é real e vai começar.

   Já começo dizendo o quando eu me surpreendi com Endgame. Quando o comprei, pensei ser só mais uma distopia. Mas, esse livro não é só mais um, não mesmo! O livro foi escrito por James Frey, o fundador da Full Fathom Five, a empresa que criou Os legados de Lorien (Eu sou o Número Quatro), e por Nils Johnson-Shelton, o autor de A Torre Invisível. Eu não sei como, considerando esses nomes de peso, eu fui subestimá-lo. 
    Endgame alterna sua narrativa entre 12 jovens jogadores, e um não-jogador, que, depois de passarem muito tempo treinando para o Endgame, finalmente recebem O chamado, que vem em forma de 12 meteoros que caem em lugares diferentes da Terra. Esse é o sinal de que tudo vai começar, um sinal que eles nunca pensaram que fosse vir enquanto eles eram os representantes de suas linhagens. 
   Acontece que cada um desses jogadores representa uma linhagem ancestral: temos uma suméria, cahokiana, mu, olmeca e assim vai. Eles treinaram a vida inteira para poderem representar suas linhagens, enquanto estivessem com a idade entre 13 e 20 anos, caso o Endgame começasse. Esse jogo não é apenas um jogo, é o fim do planeta e o prêmio que o jogador vencedor leva é salvar sua linhagem, ou seja, seus pais, avós, amigos e etc. do fim do mundo. Os outros devem morrer nessa batalha incessável, acarretando, com isso, na morte de suas linhagens também. 
   No Endgame, para ser o ganhador não é preciso que se mate todos os outros, apesar de ser essa a estratégia que eles devem adotar, se quiserem vencer. É necessário que se encontre três chaves: A chave da Terra, a chave do Céu e a chave do Sol. E tudo isso é um jogo controlado pelos criadores desse mundo: alienígenas, que chamamos de deuses. 
   Muitos comparam essa premissa de jogo, 12 jogares e etc, com a de Jogos Vorazes. Mas, posso dizer pra vocês, não é nada igual. Endgame é muito diferente em diversos aspectos, a começar pelo jogo: esse jogo não se trata de lutar pela sua própria sobrevivência, e sim pela de toda a sua linhagem, enquanto o mundo acaba. Além disso, se formos comparar o jogo ao de Jogos Vorazes, temos uma perspectiva mais interessante aqui: a arena não é um só lugar onde os jogares estão reunidos, a arena é o mundo inteiro, e é ele que os jogadores devem percorrer atrás de suas pistas, seus enigmas, para encontrar as 3 chaves. 
   A escrita dos autores é magnífica, prende o leitor até o último segundo e posso dizer que terminei já desejando o próximo livro que, graças!, já foi lançado pela Intrínseca ♥. O interessante é que todos os capítulos são alternados entre personagens diferentes e a eles não perdem a voz em nenhum momento. Os autores estão de parabéns por terem conseguido fazer isso, não é fácil manter a voz de cada personagem quando se tem tantos assim. 
   Outra coisa muito legal no livro foi o fato de não termos um verdadeiro vilão nessa história toda. Podemos ter jogadores que gostamos menos, mas a gente começa a entender a atitude de alguns porque elas são inteiramente justificadas no fato de que eles estão jogando pelas pessoas que amam.
   O desfecho do livro me surpreendeu e, foi com ele que eu aprendi que não posso ter queridinhos durante o livro, porque eles podem morrer. E, falando em mortes, se prepare porque no livros vamos ter algumas, e as vezes bem brutais, então é bom ter um certo estômago para ler as descrições. Mas, acho que isso as vezes é tranquilo e da pra superar muito bem. Todo o resto da história faz valer a pena. 
A única coisa que eu não gostei muito foram as unidades de medida do livro. Todas elas ficaram no padrão americano e ficou bastante difícil pra gente conseguir ter uma noção. E não é toda hora que podemos ou que estamos com vontade de procurar no google qual é a proporção de tais milhas em relação ao quilômetro, ou então quando falamos em libras... e assim vai. Acho que a Intrínseca poderia ter adaptado isso pra nosso padrão. Mas, prometo que nada disso vai desanimar durante a leitura, é só um detalhe. 
   Endgame é um grande enigma que nós podemos resolver. Não estou falando só dos enigmas que os jogadores recebem, estou falando de um enigma pros leitores mesmo. E o melhor: quem solucionar os enigmas do livro, ganha um prêmio de 500.000 dólares em moedas de ouro, que estão guardados em um Hotel e Cassino nos EUA. Não li o livro pensando nos enigmas, mas não posso negar que até tentei solucionar alguma coisa, depois de terminar o livro, mas não é fácil, não rs. 
   Os enigmas estão presentes entre um capítulo e outro do livro, onde temos frases com notas de fim, que acabam direcionando o leitor a links de sites. Nesses links podemos encontrar diversas coisas: textos e vídeos de teorias da conspiração, formulários para serem preenchidos e até mesmo páginas sobre os personagens, onde temos páginas do Google + e Twitter deles (e atualizados!)... Realmente, a gente percebe todo o esmero que tiveram em criar algo tão criativo para os leitores, não só em relação ao próprio livro e sua história, mas também em toda essa interatividade, que ainda premia quem conseguir resolver!
   Com certeza, esse livro foi uma surpresa e tanto e eu o indico para todos! Em um mundo tão saturado de distopias, essa história consegue ser nova, original e muito eletrizante. Consegue nos surpreender de uma maneira maravilhosa e nos prende até a última palavra. 
   Enquanto lia o livro não pude deixar de pensar que a história daria um ótimo filme, eis que fui procurar e descobrir que a Twentieth Century Fox adquiriu os direitos da adaptação do livro (por dois milhões de dólares!), e o filme será produzido pelo mesmo produtor de A Culpa é das Estrelas e Crepúsculo. Vamos esperar que o filme seja digno dessa história!

Vejam um pouco mais sobre o enigma para os leitores e seu prêmio:

20 comentários:

  1. Oi, Kathleen!
    Confesso que, quando esse livro foi lançado, a capa não me atraiu. Por isso, não fui atrás de mais informação.
    Recentemente, esse livro apareceu de novo na minha vida e eu fiquei "como eu não vi sobre ele antes???"
    Amei sua resenha! Está de parabéns!
    Não sabia desses enigmas. Vou tentar decifrar um. Vai que eu consiga hahaha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza!
      O livro é realmente muito bom, também não apostei muito quando comprei, mas que bom que me surpreendi!
      ahahah isso, leia e tente, depois vem me contar ;)
      Beijoss

      Excluir
  2. Estava esperando alguma resenha sair para poder saber mais sobre esse livros, e nossa não tem nada haver com o que imaginava haha.
    E já me ganhou por ser diferente, por não ter um vilão especifico. Vou adicionar na pilha de livros que preciso ler.
    Beijo

    www.tecontopoesia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha que bom que você gostou, Camila!
      Se for ler, venha me contar!
      Beijoss

      Excluir
  3. Oi oi !
    Poxa, estou meio saturada de distopias mas continuo comprando-as mesmo assim kkkkk não que eu goste ou seja muito fã delas, na verdade eu tenho uma imensa curiosidade no enredo das histórias e sempre compro na esperança de encontrar algo que me encante, até agora não consegui esse resultado, mas gostei razoavelmente de todas as que li.
    Gostei bastante da premissa de Endgame, parece ser um livro bem interessante, quem sabe eu não acabo arriscando nele tbm? haha.
    Beijo

    Sorvete Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahahah eu também, Lari! Sempre compro, e, com muita sorte, normalmente acabo gostando muito! Eu também fico com muita curiosidade e na expectativa de ler algo novo haha
      Se arriscaaa, vai. E venha me contar o que achou, ok?
      Beijoss

      Excluir
  4. Adorei a resenha muito completa e cheias de informações, me despertou até a vontade de ler esse livro
    Beijos

    Blog Segredos da Cáh
    Instagram
    Facebook
    Canal do You Tube

    ResponderExcluir
  5. Olá, Kathleen.
    Esse livro está na minha lista de desejados. Eu li uma resenha dele que me ganhou a uns tempos atras. Infelizmente o preço ainda não ajudou para eu poder comprar ele hehe. Acho super legal essa ideia da participação dos leitores fora do livro hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil!
      Olha, vou te contar a sorte que tive, porque cheguei em uma livraria daqui da cidade e eles estavam em promoção. Normalmente não acho os livros que gosto por preços imperdíveis, mas esse aí estava por 9,99!!!! Mesmo sem saber se iria gostar, aproveitei né. E, ainda bem, dei sorte! hahaha
      Espero que você consiga comprar logo!
      Beijoss

      Excluir
  6. Olá Kathleen,

    Sou completamente viciada em Endgame e quando vi seu post não pude ficar sem comentar pra compartilhar mais umas coisinhas sobre o mundo de Endgame ^^

    Além do livro e do filme na época do lançamento foi lançado também um site o ancient societies que é o blog de uma mulher que estuda as linhagens dos jogadores do endgame, sem saber que o endgame existe. Esse blog é ótimo para se aprofundar na história do livro e já se preparar para ler o segundo.

    Enfim, espero que goste desse mundo o tanto quanto eu..
    Bjs aksumitas pra vc ^^

    auniversitaria.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, Thaty, que maravilhoso você ter vindo comentar e dividir essa informação! <3
      Indo visitar o site agora mesmo hahaha
      Espero poder ler o próximo em breve, estou loucaaa pra saber como continua hahaha
      Fiquei feliz demais em saber que você também gostou do livro <3
      Beijoss sumérios pra você (brincadeira, eu nem saberia dizer hahaha)

      Excluir
  7. oi, oi.

    uau! o livro parece ser bem misterioso e de uma leitura complicada, se a gnt não prestar muita atenção. e isso não é problema pra mim, pq gosto de livros assim.

    e essa capa? esse tom de ouro simplesmente é lindo. bem diferente, na vdd, de tudo o que eu já vi. já salvei o nome pra procurar nas próximas compras.

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriel!
      Ahh, eu não diria que a leitura é complicada, não! A única coisa é que ele é cheio de personagens, então a gente tem que ler com atenção pra lembrar de quem se trata haha
      Beijoss

      Excluir
  8. Oi, Kathleen! Tudo bem? Esse livro tem uma premissa tãããão legal e a capa então? Maravilhosa! <3 Adorei a resenha, você só me deixou com ainda mais vontade de lê-lo! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tony!
      Simmmm, a história é muito boa e essa capa ficou lindonaaa <3
      Leia, leia, leia!
      Beijoss

      Excluir
  9. Oi Kathleen!
    Eu não dava nada por esse livro, mas me surpreendi com sua resenha.
    Adoro distopias, mas confesso que não tenho lido muito esse gênero. Vou anotar a dica e o bom é que a continuação já foi lançada :D
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bárbara!
      Eu também não estava com altas expectativas quando o comprei e comecei a ler, mas foi uma surpresa muito boa!
      Leia e venha me contar o que achou ;)
      Beijoss

      Excluir
  10. Oi Kathleen!
    Esse livro é surpreendente!
    Nunca li nada nem parecido com essa história.Ela vai parecendo meio confusa no início mas aos poucos ela vai se desenrolando e a gente percebe o quanto é genial a proposta criada pelos autores.Já tô louco pra ler a continuação porque o final realmente foi arrasador!
    Sério que vai ter filme?Oba!
    Quero ver pra ontem kkkkkkkkkkk
    Outro detalhe:essa capa é maravilhosa!
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cláudio!
      Simmm, eu achei muito criativa e é maravilhoso, porque hoje em dia é difícil se criar histórias com propostas novas...
      Eu também quero ler logooo :(
      Ai, menino, eu com certeza estarei na estreia desse filme! hahaha
      Beijosss

      Excluir

Obrigada pelo seu comentário! sua opinião é muito importante aqui no Vida em Marte, vou ler e responder com carinho ;)

Pin It button on image hover