Logo



Posts Recentes



07 janeiro 2016

Charlotte Street - Danny Wallace


   Tudo começa com uma garota... (porque sim, sempre há uma garota...) Jason Priestley acabou de vê-la. Eles partilharam de um momento incrível e rápido de profunda possibilidade, em algum lugar da Charlotte Street. E então, em um piscar de olhos, ela partiu deixando-o, acidentalmente, segurando sua câmera descartável, com o filme de fotos completo... E agora Jason — ex-prodessor, ex-namorado, escritor e herói relutante — se depara com um dilema. Deveria tentar seguir A Garota? E se ela for A garota? Mas aquilo significaria utilizar suas únicas pistas, que estão ainda intocáveis em seu poder... É engraçado como as coisas algumas situações se desenrolam...


   Jason Priestley - alguém aqui reconhece esse nome? hahaha é o nome do ator que fazia o Brandon de Barrados no Baile - é um professor que se afastou da carreira por conta de um trauma. Não bastasse estar longe da sua profissão e começar a trabalhar escrevendo pra um jornal de Londres, um daqueles gratuitos que ninguém nunca lê, Jason também é abandonado pela sua namorada, depois de quatro anos juntos. Mas calma, ainda não acabou, a mulher que ele amou tanto, essa mesma que o abandonou, agora está noiva e aparentemente muito feliz. 
   É com toda essa decadência na vida de Jason que Charlotte Street começa. Após esse rompimento com Sarah, Jason se muda para um apartamento com um colega de faculdade, o Dev, dono de uma loja de videogames mais antigos, retrôs, que fica ao lado de um lugar que todos pensam que é um bordel, mas não é. 
   Jason é um mero mortal, assim como todos nós, e o Facebook se torna pra ele, uma arma pra fazer descer um pouco mais no fundo do poço. Mas, quem poderia resistir dar uma de stalker e fuçar o facebook da ex-namorada? Por mais que Jason saiba, assim como nós também sabemos, que isso só vai fazê-lo sofrer mais, ele vasculha o facebook de Sarah e percebe que ela está noiva. Quanto tempo demora entre terminar com um namoro de longa data e já estar apaixonada E noiva de uma outra pessoa?
   Jason pensa que está tudo perdido na vida dele. Até que ele encontra essa mocinha desajeitada e atrasada, com milhares de sacolas na mão, tentando entrar em um táxi. Ele não pensa duas vezes e vai ajudá-la, e em troca recebe um sorriso inacreditável, um sorriso que ele descreve como tão maravilhoso que de repente ele sente toda a sua masculinidade e confiança, como um faz-tudo que sabe exatamente qual prego comprar. Depois de ajudá-la ele recebe um "Obrigada, é muito gentil da sua parte", o que mais poderia se esperar de um Londrino além dessas poucas e educadas palavras? 
   Mas Jason sentiu. Essa garota poderia ser a sua salvação da decadência. Não é todo dia que se sente aquilo por alguém, seja lá o que aquilo fosse. E então ele se depara com um dilema: deveria ou não abrir a caixa de plástico que ficou na sua mão, que ele não conseguiu devolver para a tal garota já que o táxi partiu tão depressa. 
    Era uma pequena caixa de plástico a única coisa que ele teria para, talvez, conseguir encontrar a moça do táxi. A única coisa que sabia sobre ela é que ela gostava de cactos, já que tinha alguns com ela, e que ela estava naquele dia na Charlotte Street. Só isso. E aquela caixa de plástico. 
    Obviamente Jason teve que abrir a caixa e ver o que havia dentro, isso depois de um pouco de encorajamento de Dev, e lá havia um pouco mais de esperança de encontrá-la novamente: uma câmera. São algumas poucas fotos da garota que ajudam Jason a tentar desesperadamente achá-la por toda Londres. As fotos mostravam lugares que ela frequentava e isso poderia ajudá-lo.
   Danny Wallace é um escrito fantástico, tem uma narrativa irreverente, inteligente e muito gostosa de se ler. Alguns dizem que ele se faz detalhista demais, mas foram poucos os momentos que senti isso. E não vou mentir pra vocês, muitas pessoas não gostam desse livro, mas eu explicarei o motivo.
   Charlotte Street, ao contrário do que pensamos de primeira, por conta de toda a trama, não se trata da busca de um amor para Jason, não esse amor que pensamos. Se trata da busca pelo amor próprio dele, que precisa urgentemente ser resgatado. Esse livro trata de como Jason se redescobre e consegue passar por cima depois de tanta coisa ruim que passou. É um livro sobre redenção, amizade, perdão...
   Para gostar desse livro como eu gostei tem que ler no momento certo, eu imagino. Ou pelo menos entender que a proposta do autor não foi fazer uma comédia romântica. Mas vale a pena, vale muito a pena porque Danny Wallace transforma tudo isso em uma jornada muito bonita e ao mesmo tempo engraçada (vocês sabiam que ele é o escritor do livro "Yes Man", que virou filme - "Sim Senhor!"- e foi estrelado por Jim Carey?). 
   O desfecho é lindo, cada pergunta respondida nos traz uma satisfação muito grande: Jason consegue melhorar a vida, encontrar seu caminho para a felicidade? Como ele faz isso? E a garota da Charlotte Street teve parte em tudo isso? Ele consegue reencontrá-la?
   Jason é um personagem que nos cativa aos poucos, mas no fim me senti muito afeiçoada a ele e seu amigo Dev, percebi que isso não acontece com muitos livros que leio, e achei um ponto muito favorável pro autor. Penso que isso se deve muito à narrativa lenta, motivo de reclamação para muitos que leram o livro, achei que ela foi extremamente importante para conectar o leitor com Jason. Aliás, uma coisa que achei que também fez diferença nesse sentido, foi o fato de haver uma interação do narrador com o leitor, algo muito machadiano e que eu não via em livros há muito tempo! Achei legal para estabelecer essa relação de cumplicidade e entendimento entre nós leitores e o narrador, o próprio Jason. 
   Charlotte Street vale cada página lida e merece que outras pessoas o leiam e entendam melhor. 



16 comentários:

  1. Oiieee,
    Poxa, não conhecia esse livro, mas me encantei com a resenha e a suavidade de suas palavras que vão nos guiando até convencer de que devemos conhecer e ler esse livro.
    Encantada.

    http://meusdespropositos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Alyne!
      Como suas palavras me deixaram feliz, menina!
      Muito obrigada, querida <3
      Beijoss

      Excluir
  2. Esse livro é sensacional, ele é um dos meus favoritos da vida! Vale muito a pena ler! <3
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, que bom que você gostou dele, Gabriela!
      Beijosss

      Excluir
  3. Eu li esse livro logo quando lançou e amei!
    Não se você sabe, mas essa banda que ele cita no livro existe de verdade hahahaha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu o tenho faz algum tempo e só agora que o li, mas acho que foi o momento ideal, sabe?
      Jura que existe, Luiza? hahahaha adorei saber disso!
      Beijoss

      Excluir
  4. Olá, Kathleen.
    Acho que não li ele no momento certo então, porque não gostei hehe. Eu li ele logo que lançou e estava com as expectativas lá em cima e infelizmente eu não consegui gostar do Jason e nem da história. Mas quem sabe seja por isso , por ter ido com muita sede ao pote e por não ser o momento certo para ler ele.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, que pena, Sil... talvez tenha sido esse lance da expectativa... ou o momento mesmo. Quem sabe se você lesse daqui alguns anos a sua visão sobre ele poderia mudar /:
      Mas, é legal saber, através disso a gente pode ver as diferentes visões que as pessoas têm sobre um mesmo livro, né?
      Beijoss

      Excluir
  5. Não conhecia esse autor e fiquei surpresa ao ler no seu post que esse livro não é sobre ele achando o amor, parece totalmente, hahaha! Bom, me interessei pelo livro, mas fiquei com o pé atrás porque você disse que a narrativa dele é meio lenta... Mas caso veja em alguma livraria talvez eu dê uma chance :)
    Beeijo ♥
    http://www.daniquedisse.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, te digo do fundo do coração que você deveria dar uma chance pra esse livro, apesar da narrativa lenta... não tenho como garantir que você vai gostar, mas acho que livros assim merecem uma chance <3
      Beijosss

      Excluir
  6. OOOi Kath!!
    Eu li esse livro a séculos, tem até uma resenha no meu blog tipo muitoooooo antigaaa!!! E por mais que seja um livro que li a séculos, lembro dele com muito carinho, assim como você gostei muito mesmo da história! E compartilho da sua opinião, lembro de escrever a mesma coisa que você em relação a expectativa, as pessoas acabam não gostando porque acham que vai ser um romance e na verdade é muito mais que isso, é a história de amadurecimento de um personagem que é muito simpático e que nos faz rir, chorar, sofrer e comemorar por ele e junto com ele! Acho que o livro foi vendido meio errado sabe (em relação a marketing)? Como eu não tinha muitas expectativas em relação ao enredo acabei gostando, mas acho que para quem fantasiou um romance fofo pode ter sido super frustante!
    Gosteeei muito da resenhaa, adoroo encontrar pessoas que tem opiniões parecidas com a minha hahaha é como se você me entendesse e como se eu pudesse agora seguir fielmente suas recomendações literárias! hahahah

    Beijinhos Bi

    http://janeladela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii, Bi!!
      Antes de tudo: que maravilhoso que compartilhamos da mesma opinião, fiquei muito contente com o que você falou, pode seguir fielmente sim ♥ hahahaha
      Mas, falando sobre o livro, realmente, acho que o marketing errou um pouco nesse quesito, as pessoas acabaram esperando uma coisa e receberam outra, não é de se duvidar que tenham se decepcionado mesmo /: Um fator em relação à isso é a própria capa que diz: Um romance engraçado e irreverente. Uma história de amor...
      Não é de se esperar outra coisa, né?
      Mas, enfim, fico feliz demais que você foi mais uma pessoa que gostou do livro!
      Beijosss

      Excluir
  7. Esse livro é uma gracinha! Gosto muito!
    Amei seu blog! Tá de parabéns, ganhou uma seguidora! <3
    Beijinhos.
    http://estantedeantiquario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou do blog, Nathalia!!
      Seja muito bem vinda <3
      Beijoss

      Excluir
  8. Oiiieee! :) Tudo bem?
    Comprei um livro uma vez, não lembro qual, que veio um folhetinho desse dentro! Com a sinopse e tlz. Lembro que fiquei muito interessada pelo livro mas acabou passando e não comprei! Ai vim visitar seu blog e me deparei com sua resenha sincera, fiquei com vontade de ler de novo! Não sei se vai acontecer, mas espero que eu me encante como você. beijos

    www.blogleituravirtual.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, Carol, que legal saber disso!
      Se você ler, por favor, venha me contar o que achasse, vou adorar saber <3
      Beijoss

      Excluir

Obrigada pelo seu comentário! sua opinião é muito importante aqui no Vida em Marte, vou ler e responder com carinho ;)

Pin It button on image hover