Logo



Posts Recentes



09 janeiro 2016

Boneca de ossos - Holly Black

Poppy, Zach e Alice sempre foram amigos. E desde que se conhecem por gente eles brincam de faz de conta – uma fantasia que se passa num mundo onde existem piratas e ladrões, sereias e guerreiros. Reinando soberana sobre todos esses personagens malucos está a Grande Rainha, uma boneca chinesa feita de ossos que mora em uma cristaleira. Ela costuma jogar uma terrível maldição sobre as pessoas que a contrariam. Só que os três amigos já estão grandinhos, e agora o pai de Zach quer que ele largue o faz de conta e se interesse mais pelo basquete. Como o seu pai o deixa sem escolha, Zach abandona de vez a brincadeira, mas não conta o verdadeiro motivo para as meninas. Parece que a amizade deles acabou mesmo...

   A escolha de ler esse livro veio após a lida de O Oceano no Fim do Caminho, do Neil Gaiman. Pois queria continuar na vibe de livros leves e tranquilos para ler. Apesar de pensar que seria um livro leve por ter os adolescentes como público-alvo (o livro é do selo #IRADO, da Novo Conceito) também achei que seria meio chato pelo mesmo motivo, por ser uma faixa etária abaixo do que costumo ler. Porém, para minha grande surpresa, o livro foi uma delícia de ler, demorei uns 4 dias (o que pra mim é um recorde haha). Talvez isso se deva pelo momento – estar de férias e ter lido um livro técnico de mais de 500 páginas há pouco tempo –, talvez pela ótima escrita da Holly Black nesse livro, ou ainda pelas duas coisas.
   Outra coisa que eu me surpreendi foi o tema do livro. Pelo desenho da capa, a sinopse e todos os comentários, pensava que seria um livro de terror e passei o livro inteiro me preparando para alguma parte mais assustadora, inclusive imaginava todos os cenários bem obscuros. No entanto, o que encontrei foi uma aventura com um certo suspense – mais voltado para adolescentes, claro.
   No livro, os três amigos Zach, Poppy e Alice adoram brincar de faz de conta com seus bonecos favoritos. Enquanto esses bonecos são os personagens ativos nas histórias dos amigos, eles decidem que a boneca de ossos chinesa da mãe de Poppy que fica dentro de uma cristaleira seria a Grande Rainha.
   Tudo desanda quando o pai de Zach joga os bonecos fora e o proíbe de brincar com as meninas para que se concentre no basquete. Sem coragem para contar a verdade para as meninas, Zach mente e eles acabam se afastando.
   Mas logo Poppy vem com uma história de que está tendo pesadelos com o fantasma de uma menina, cujos restos mortais foram postos dentro de uma boneca, e ela só deixará Poppy em paz depois que seus restos forem colocados em seu túmulo vazio. Será que Poppy está falando a verdade? Ou será uma desculpa para que se reúnam novamente?
   Ainda em dúvida se ela está falando a verdade e, se estiver, desconfiando que a boneca nos sonhos é a boneca de ossos da mãe de Poppy, Alice e Zach se unem à Poppy e, seguindo as pistas que encontram, partem numa aventura para atender o desejo do fantasma.
   A atmosfera do livro é realmente bastante infantil, com um toque muito especial de imaginação, já que os personagens são crianças, e é justamente por isso que nos questionamos muitas vezes se tudo o que está acontecendo é real ou não passa da imaginação muito fértil das crianças.
   É legal perceber o quanto Boneca de Ossos remete à minha infância e provavelmente à da maioria de vocês leitores. Os personagens são crianças e não brincam com vídeo-game e outras tecnologias. Eles brincam com brinquedos (uma grande raridade hoje em dia!) e o mais espetacular: eles se divertem com a imaginação.
   A autora do livro é Holly Black, precisa dizer mais alguma coisa? Essa mulher tem a imaginação de uma criança (e isso é um baita elogio!) e consegue criar histórias fantásticas (vocês sabiam que ela é a autora de "As crônicas de Spiderwick"?). Não ia ser diferente com Boneca de Ossos.
   Como todo bom livro, as coisas nunca saem como planejadas para os personagens, o que deixa a aventura ainda mais interessante, e os amigos têm que driblar as adversidades apesar de suas idades. Será que o fantasma é real? Poppy, Zach e Alice conseguem realizar o desejo desse fantasma? Zach falará a verdade para as garotas? Ele voltará a brincar com elas? Recomendo a descobrirem por vocês mesmos. Boa leitura.



Post pelo colaborador: João Victor Krüger

10 comentários:

  1. Boneca de Ossos realmente é um livro muito gostoso de ler. Amei sua resenha e perceber que sentiu a nostalgia da época em que as crianças costumavam ficar na rua brincando.

    Beijos, Vanessa
    http://amamosaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim, foi muito bom mesmo de ler. Que bom que você gostou, Vanessa, e acho que muitas crianças de hoje não sabem o que é ter essa liberdade de brincar na rua.

      Beijos, volte sempre.

      Excluir
  2. Oi Kathleen...
    Que bom saber q vc gosta do estilo da Holly Black. Tenho um livro dela na fila de leitura: "A Menina mais fria de Coldtown". Espero q a escrita dela seja tão boa assim. "O Oceano no fim do Caminho" eu já li, e recomendo pra quem gosta desse tipo de leitura. Bem legal a resenha... :)
    Bjo
    http://www.blogleituravirtual.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gustavo Henrique, aqui é o João Victor, colaborador do blog. Vou confessar que foi o primeiro livro dela que li e gostei da escrita dela nesse, não sei dos outros. A Kathleen já leu "A menina mais fria de Coldtown", logo, logo ela vai liberar a resenha sobre o livro e a minha sobre "O oceano no fim do caminho" também.

      Abraços

      Excluir
  3. Olá, tudo bom?
    Eu acho esse livro tão lindo, a edição é um amor. Ainda não li, mas pretendo.
    Suas fotos ficaram lindas também.

    Adorei seu blog, acabei de conhecer e estou seguindo.
    *-*

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diego, tudo bem sim. E contigo?
      Cara, eu também achei muito bonita a edição e desse livro. Leia que não vais se arrepender. As fotos foram tiradas pela Kathleen, ela agradeceu o seu elogio hahahah.

      Seja muito bem vindo ao blog. :D

      Abraços.

      Excluir
  4. Oi, Kathleen!
    Nunca li nada da Holly e esse livro também não me chama muito atenção.
    Ainda bem que você gostou da história. Ler algo diferente da nossa faixa etária é meio complicado.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza Helena, aqui é o João Victor, colaborador do blog.
      Eu também não tinha lido nada dela e, como eu disse na resenha, achava que seria meio chato, mas acabei me surpreendendo. Vai que você se surpreende também sauhsuah.

      Beijos.

      Excluir
  5. Não conhecia o livro nem a autora, achei a capa meio assustadora, kkkkkkkkkkkkkkk
    Gostei da sua resenha, quem sabe eu não dou uma chance e leio tbm.

    www.detudopouco.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não é de achar a capa assustadora, Silvânia? haushauhsa. Que bom que gostasses da resenha. Dê uma chance pra ele sim, vais gostar hahaha.

      Beijos

      Excluir

Obrigada pelo seu comentário! sua opinião é muito importante aqui no Vida em Marte, vou ler e responder com carinho ;)

Pin It button on image hover