Logo



Posts Recentes



06 janeiro 2016

A morte de Sarai - J. A. Redmerski

   Sarai era uma típica adolescente americana: tinha o sonho de terminar o ensino médio e conseguir uma bolsa em alguma universidade. Mas com apenas 14 anos foi levada pela mãe para viver no México, ao lado de Javier, um poderoso traficante de drogas e mulheres. Ele se apaixonou pela garota e, desde a morte da mãe dela, a mantém em cativeiro. Apesar de não sofrer maus-tratos, Sarai convive com meninas que não têm a mesma sorte. Depois de nove anos trancada ali, no meio do deserto, ela praticamente esqueceu como é ter uma vida normal, mas nunca desistiu da ideia de escapar. Victor é um assassino de aluguel que, como Sarai, conviveu com morte e violência desde novo: foi treinado para matar a sangue frio. Quando ele chega à fortaleza para negociar um serviço, a jovem o vê como sua única oportunidade de fugir (...).
   Sarai não sabe o que é liberdade desde seus 14 anos, quando ela foi levada até o México e, desde então, é onde vive, como uma verdadeira prisioneira de um traficante de drogas e mulheres muito rico e poderoso. O azar e, ao mesmo tempo a sorte de Sarai é que para Javier, o tal traficante, ela não é como as outras meninas. Javier nutre um sentimento doentio por Sarai, algo que ele ousa chamar de paixão. É isso que mantem Sarai viva e foi isso que fez com que ela não fosse tão maltratada, principalmente fisicamente, como as outras meninas que apareciam por lá.
  
  Mas, tudo começa a mudar quando aparece um americano na fortaleza que ela vivia. É na esperança que seu conterrâneo a ajude que Sarai se suporta e decide fugir de seu cativeiro e se enfiar dentro do carro desse estranho. Victor é um assassino cruel e muito meticuloso, um profissional de primeira. E desde o primeiro momento, sabia que Sarai se escondia dentro de seu carro. Ele parecia se divertir com o fato da menina estar tão desesperada, pedindo ajuda enquanto apontava uma arma para a cabeça dele e o mandava dirigir. Victor poderia mata-la ali mesmo, naquele mesmo instante. Mas, ele decidiu não fazer isso, e talvez tenha sido a pior, ou melhor, decisão que ele tomou.
   Devo dizer que meu ano já começou com uma leitura maravilhosa! A Morte de Sarai foi o meu primeiro livro de 2016 e me surpreendeu em diversos sentidos. Eu não esperava que fosse ficar tão envolvida com essa história e nem mesmo que fosse gostar tanto desse romance tão perigoso. 
    A Morte de Sarai é um livro extremamente bem escrito. A autora sobre muito bem como emendar os fatos e conseguiu criar a história com tanta maestria que tudo se desenrola nessas poucas páginas e o leitor termina satisfeito com o desfecho, mas querendo mais, muito mais. 
   Li esse livro praticamente segurando o fôlego, afinal, a autora passou longe de uma história de romance comum, aqui não tem mocinho e mocinha, não. A Morte de Sarai traz uma história profunda, arrepiante, obscura. Traz sensualidade, medo, aventura e... sangue.   
   Achei que a autora soube delinear muito bem os personagens. E fez com que conseguíssemos simpatizar até mesmo com assassinos (Victor e Niklas), o que é totalmente novo pra mim. Ela soube explorar muito bem o psicológico dos personagens, fez com que sofrêssemos com e por Sarai, e fez com que entendêssemos, apesar de não concordarmos, o lado de Victor, o assassino charmoso, estereotipado no maior estilo agente secreto (do mal), rico aos montes e com um corpo de babar em cima. 
   Uma coisa que eu achei que fosse estragar totalmente toda a história e o andamento seria o romance entre Victor e Sarai. Já é uma coisa que imaginamos que vai acontecer desde o começo, mas, sempre fica aquela apreensão de que vai botar tudo a perder, que vai estragar e ofuscar todo o resto. E graças a Redmerski, não foi assim. Ela soube muito bem dosar essas partes e fazer com que tudo fizesse muito sentido. 
    Confesso que me arrependo de ter lido esse livro tão tarde (por que é que eu esperei tanto???), mas me sinto extremamente satisfeita com essa leitura e espero ler o próximo livro pra ontem, já que o desfecho de A Morte de Sarai deixou todo o gostinho e a vontade para O Retorno de Izabel.
    A Morte de Sarai é o primeiro volume da série “In the Company of Killers”, ou, como preferir, "Na companhia de assassinos".


13 comentários:

  1. Oi, Kath!
    Menina, nem gosto muito de ler séries, mas fiquei curiosa por essa (até mandei o link da resenha prazamigas de tão impressionada que fiquei!). Vou tentar comprar o livro! :O

    Beijos,

    Algumas Observações

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahahahah que bom que você gostou, Fê! Compartilha cazamiga mesmo, leiam e venham todas me contar o que acharam do livro, combinado?
      Beijoss

      Excluir
  2. Primeira resenha desse livro que leio. E olha, corro o sério perigo de me ver lendo esse livro, apesar do protagonista ser um assassino. Ah, adorei o visual que você deu as fotos!

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura, Pandora?
      Ahhhh, leia, leia, leia!
      Muito obrigada, querida <3
      Beijosss

      Excluir
  3. Oi, oi!

    Menina, eu preciso desse livro com urgência. Todo esse mistério envolvido me encantou. :D

    Eu já comecei um ano lendo e vendo seriado sobre histórias do tipo, então, acho que vou gostar muito desse livro. E que bom que a escritora é ótima, pq livros do tipo são um saco quando são mal escritos.

    Btw, se tiver a oportunidade, assiste ao seriado "Eye candy". Ele é bem nessa pegada do livro.

    Bjs!

    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois então, Adriel, fiquei meio receosa quando peguei o livro... mas ainda bem que foi só sucesso! hahaha
      Por favor, se ler venha me contar!
      E eu vou tentar saber um pouco mais dessa série, muito obrigada pela indicação! <3
      Beijoss

      Excluir
  4. Oii Kathleen, tudo bom?
    Também me apaixonei pela Morte de Sarai, uma das melhores leituras que já fiz, o problema pra mim com essa série (?) foi as continuações, não gostei muito do segundo livro, mas o terceiro foi o que fez com que desgostasse mais.
    Espero que isso minha opinião mude no quarto livro, pois ainda tenho esperanças com essa série! :D
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura, Dani? Que pena!
      Fiquei um pouco desanimada agora hahaha mas eu ainda assim vou atrás do segundo e espero não me decepcionar como você :(
      Beijoss

      Excluir
  5. Adorei a premissa desse livro e suas fotos ficaram ótimas! Vou colocar na minha lista de 2016 o/

    www.nemteconto.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Larissa <3
      Se você ler, venha me contar!
      Beijoss

      Excluir
  6. Olá!
    Desde o lançamento dessa série que eu tenho bastante curiosidade sobre ela, e foi uma das melhores resenhas que já li desse livro. Você já leu "Entre o Agora e o Nunca" e "Entre o Agora e o Sempre"? É da mesma autora... se sim, a escrita dela evoluiu?
    Bjo

    http://www.blogleituravirtual.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, que bom que você gostou da resenha, Gustavo <3
      Ainda não li esses outros livros, mas pretendo fazer isso em breve pra conseguir esse panorama da Redmerski...
      Mas, pelo que vi o pessoal falando a escrita dela melhorou e muito de lá pra cá, isso vindo de pessoas que amam ambos os livros!
      Beijoss

      Excluir
  7. Gente confesso que não é o tipo de leitura que curto, mas descobri que meus gostos estão mudando.
    E acho essa capa maravilhosa, sua resenha foi a primeira que me chamou atenção, e o fato da mocinha e mocinho não sempre tão bons assim me deixou ainda mais intrigada.
    Bom acabo de adiciona-lo a minha lista.
    Beijo

    www.tecontopoesia.com

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário! sua opinião é muito importante aqui no Vida em Marte, vou ler e responder com carinho ;)

Pin It button on image hover