Logo



Posts Recentes



04 janeiro 2016

A lista de Brett - Lori Nelson Spielman


    Brett Bohlinger parece ter tudo na vida — um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente. Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe — seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis. Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência. E vai descobrir que, às vezes, os melhores presentes da vida se encontram nos lugares mais inesperados.

   Brett é uma mulher de 34 anos, que trabalha na empresa de cosméticos da mãe e vive em um loft com o namorado advogado. Tudo parece muito estável na vida de Brett, por mais que ser executiva de publicidade na empresa da mãe jamais fora um sonho pra ela. 
   Até que a mãe dela adoece e morre. É a partir disso que a vida de Brett começa a virar de cabeça pra baixo. Sem a mãe por perto, ela se vê como provável pessoa que assumirá a empresa e todas as responsabilidades que isso acarretaria e isso a deixa mais nervosa do que tudo. Mas não é bem assim. 
   Brett ficou sem a mãe e sem herança. Quem fica com a presidência dos cosméticos Bohlinger é Catherine, sua cunhada, e nada mais faz sentido. Até que o advogado Brad, um cara bonitão, que a princípio incitou curiosidade em Brett e em seus irmãos, já que não era o velho advogado da família, diz que as condições para a herança de Brett eram mais especiais. Para conseguir ganhar todo o dinheiro e propriedades que tinha direito, ela precisaria realizar uma antiga lista de desejos, que fez quando tinha apenas 14 anos. 
   A cada desejo realizado, Brett receberia uma carta de sua mãe, e, se em um ano ela cumprisse todas as metas da lista, ganharia sua herança.
  Em um primeiro momento tudo parece ser impossível de realizar. Como é que ela iria realizar a meta de ter filhos se seu namorado jamais quis ter algum? Sem falar em cachorros, que ele detesta. E como, diabos, ela iria comprar e manter um cavalo??? 
  Mas com o tempo, Brett se vê realizando os seus sonhos de pequena, e percebe que eles continuam tão atuais e fazem com que ela se sinta feliz, de um jeito que ela há muito tempo não se sentia.
  O sonho que mais faz com que tudo mude é o de ser professora. Ela não acredita que possa ser professora em sala de aula, já tentou e foi um fracasso total. Mas Brett persiste, e é com as aulas particulares em que ela se encontra. Mais especificamente para duas pessoas: um menino com problemas psicológicos, muito agressivo, que faz com que Brett seja obrigada a pedir ajuda de um psiquiatra, o Dr. Taylor, e uma garota que vivia em um lar para mulheres sem teto: Sanquita tem 18 anos e está grávida, e com o tempo fica tão doente que fica quase impossível de manter essa gravidez.
  É impossível não se emocionar com esse livro, pois é nas coisas mais simples da vida em que Brett se encontra e vê o que realmente a faz feliz. Não são as roupas caras que ela passou a poder comprar quando a mãe se tornou uma grande executiva. Não é o namorado advogado, o cara mais ganancioso do planeta inteiro. Mas são as pessoas que ela passa a ajudar, é a amiga que ela já não falava havia muitos anos, e é o pai, que ela pensava que não poderia ter uma boa relação, mas a história dá tantas reviravoltas que Brett se vê em um lugar que nunca imaginou que estaria, sendo a pessoa que ela era de verdade, no seu interior. 
  A lista de Brett não é bonito só pela capa (que aliás, é linda demais, fala sério!), mas é um livro lindo por dentro também, passa uma mensagem profunda de maneira divertida, faz a gente rir e chorar. 
  Afinal, quantos de nós não paramos pra repensar nas decisões que estamos tomando na vida?  Brett teve sorte e ganhou o ponta-pé que precisava pra dar o rumo certo pra vida dela.
Lori Nelson está de parabéns com esse livro lindo, muito bem escrito, com personagens bons e que, mesmo tendo essa pegada chick-lit nos faz pensar muito na vida e no que nos faz feliz. Nos faz ver que tudo pode mudar pra muito melhor se dermos atenção e valor pras coisas mais simples que existem. E pra tudo isso acontecer, basta a gente querer.


16 comentários:

  1. A capa do livro é belíssima e o enredo muito interessante,eu adoraria ler! <3
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, é um amorzinho essa capa, né?
      Beijosss

      Excluir
  2. Oii Kathleen, tudo bom?
    Não gosto de ler livros sobre listas, mas já ouvi tantos comentários positivos sobre essas história que estou começando a me render, haha, sem falar que essa capa é muito linda! *-* tenho um fraco por capas bonitas, rsrs.
    E falando em coisa bonita, seu blog é muito bonito também. Adorei o seu cantinho! *-*
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Daniele!!
      Ahh, leia pra sanar a curiosidade, acredito que não vais se arrepender, mesmo!
      E muito obrigada, sua linda, significa muito pra mim <3
      Beijos

      Excluir
  3. Olá, Kathleen.
    Eu tenho esse livro aqui em casa mas acredita que essa é a primeira resenha que leio dele? Eu me apaixonei pela capa na verdade e mal sabia qual era o assunto, e gostei muito de saber que ele fala sobre os valores das pequenas coisas. Assim que der eu vou ler ele.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura, Sil? hahaha
      Quem sabe assim você não o tira da estante, né? ;) hahaha
      Beijoss

      Excluir
  4. Oi Kathleen!

    Achei a capa linda e bem, mãe morendo.... deve ser emocionante mesmo, legal ver que a protagonista parece que amadurece durante a história, gosto de livros assim!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente emocionante, Mi e, sim, a gente acompanha um amadurecimento lindo da Brett durante o livro, mesmo que "tardio", já que ela já passou dos 30 haha mas isso só serve pra gente ver que nunca é tarde pra mudar...
      Beijoss

      Excluir
  5. Acredita que eu não conhecia esse livro? É a primeira resenha que leio a respeito dele e fiquei curiosa para ler, sou apaixonada por livros, então todos os assuntos me chama atenção haha.
    Beijos.

    www.sonhosdegarota.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha então leia esse, Érika, acredito que, como apaixonada por livros, você não vai se decepcionar!
      Beijosss

      Excluir
  6. Bem inspirador o livro, gosto quando a história nos une de uma forma que trazemos lições para a vida real
    Mega beijo
    blogueirasara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto muito de livros que nos fazem pensar desse jeito, Sara, é inspirador, como você disse...
      Beijoss

      Excluir
  7. OOi Kathleen! Tudo bem?
    Acho essa capa linda demais, várias vezes olhei para ela na livraria e fiquei com vontade de comprar, mas sempre acabo comprando outro livro... Acho que essa foi a primeira resenha do livro que li e me deu muita vontade de ler, me deixou bem animada, simpatizei com a protagonista, e adorei a ideia das aulas particulares para os alunos com problemas psicológicos (é o que eu estudo) hahaha. Vou investir na leitura! Amei as fotos do post também, fiquei stalkiando a parede atrás hahaha <3

    Beijinhos Bi
    http://www.janeladela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Bianca!!
      Eu também sempre fiquei na vontade quando via nas livrarias, esse e Doce Perdão, que ainda não comprei, sempre foram livros que me chamaram atenção, têm essas capas bonitas (Doce Perdão tem mais ou menos o mesmo estilo da capa, é da mesma autora) e a história parecia um chick-lit gostosinho de ler... ainda bem que comprei!
      Jura que você estuda isso?? haha ai, que lindeza <3
      Acho que você vai ter que ir atrás do livro então, ein? hahaha
      Muito obrigada, querida <3
      Beijos

      Excluir
  8. A capa do livro é maravilhosa mesmo, e a história mais ainda! Já tenho meus palpites de que o advogado namorado vai rodar e o advogado bonitão vai ficar com ela no final, hehehe. Me interessei muito, vou procurar <3
    Um beijo ♥
    http://www.daniquedisse.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha esse é um bom palpite, Dani, e a única coisa que posso te dizer é que era isso que eu pensava também... mas leia, talvez você se surpreenda! hahaha
      Beijoss

      Excluir

Obrigada pelo seu comentário! sua opinião é muito importante aqui no Vida em Marte, vou ler e responder com carinho ;)

Pin It button on image hover