Logo



Posts Recentes



26 dezembro 2013

Resenha dupla: Pobre não tem sorte 1 e 2


"Toda garota do interior sonha em se casar com o cara de seus sonhos, ter uma casinha, filhos e ser feliz até que a morte os separe, certo? 
E se esse cara for lindo, rico, super fashion? E se a tal "casinha dos sonhos" for um mega apartamento no melhor bairro da cidade?"

   Pobre não tem sorte conta a história de Mariana Louveiro, que encontra o amor de sua vida em um cursinho pré-vestibular. Edu parece o homem perfeito e ainda por cima, oferecia a ascensão social que Mariana tanto queria. Depois de ser pedida em casamento, Mariana só quer saber dos preparativos para o dia que deveria ser o mais falado de sua cidade. 
   As prioridades de Mariana tornam-se a escolha do vestido de noiva perfeito, a lista de convidados, o que o colunista do tablóide vai dizer sobre o casamento, o que as amigas e inimigas irão comentar, e principalmente, mostrar para a sogra que ela tem todo o estilo, todo o glamour para sustentar uma vida baseada em vestir-se bem, fazer sociais magníficas, usar só marca famosa... uma vida que Mariana não tinha antes de Edu. 
   Mas, o que ela não esperava é que essa atenção toda que estava dando para preparativos e para a vida que ela queria ter na frente de todos, estava acabando com o relacionamento dela e do noivo. Mariana parecia estar se transformando em uma outra pessoa. E por causa disso, ela teve uma surpresa no dia de seu casamento, Eduardo não queria mais. 
   Em Pobre não tem sorte 2, Mari está vivendo na cidade grande. A ida a São Paulo tinha o intuito de fazê-la amadurecer, fazê-la repensar suas prioridades. Em um lugar onde cada um é por si só, Mari se vê em frente ao desafio de arrumar um emprego, cuidar da vida amorosa e descobre que ainda ama Eduardo, como nunca amou. Mas, o que ela poderia fazer? Não fora ele mesmo que cancelou o casamento na hora em que iria acontecer? Mariana não poderia se preocupar com o coração, deveria achar um emprego decente e ajudar a amiga Clara a pagar as despesas. E todo o desafio que ela enfrenta, rende boas risadas. 
   Uma ida à Buenos Aires é o desfecho perfeito, é onde, depois de tantos acontecimentos no decorrer do livro, Mari encontra seu verdadeiro amor, é onde ela se vê junto de quem ama novamente. 
   Pobre não ter sorte é um verdadeiro Chick Lit, afinal de contas, Mariana Louveira é uma grande consumista, ao estilo de Becky Bloom. Então, é impossível ler os livros e não pensar em Sexy and The City, os Delírios de Consumo de Becky Bloom e tantos outros do gênero. Mas, PNTS é único, a história de Mari é contada de uma forma tão leve, tão divertida, que uma moça fútil e consumista transforma-se em uma protagonista perfeita, em uma garota que você gostaria de ter como amiga. 
   Assim que recebi os livros de nossa parceira Leila Rego, tenho que confessar que não criei muitas expectativas sobre ele, talvez tenha julgado pela capa e pensei ser uma história boba. Mas, conforme fui lendo, a narração da Leila me fez perceber que eu estava redondamente enganada. 
   Pobre não tem sorte tem tudo para ser um livro muito mais reconhecido, e, juro, a única coisa que eu mudaria seriam as capas. Não que elas sejam feias, somente acho que não retratam da forma que deveriam, a história de Mari, não demonstram ser um Chick Lit maravilhoso como é. 
   Some a história de Mari e Edu com uma capa rosa, uma fonte maravilhosa, letras em amarelo, que aí, você tem dois livros perfeitos, que chegam facilmente à altura de Sexy and The City e tantos outros. 
   Adorei os livros mesmo não sendo nem um pouco fã do gênero. Amei a história do casal, chorei e ri com eles e, mesmo depois de tanto tempo passado desde que os li (demorei um pouco para fazer a resenha), a história continua viva em minha cabeça. 






2 comentários:

  1. Não conhecia o livro, mas pelo que você falou... é ótimo, adorei a proposta!
    Beijos e um feliz ano novo!
    Luiza P.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dê uma olhada, Luiza, talvez você goste mesmo!
      Beijos e um ótimo 2014!

      Excluir

Obrigada pelo seu comentário! sua opinião é muito importante aqui no Vida em Marte, vou ler e responder com carinho ;)

Pin It button on image hover