Logo



Posts Recentes



14 outubro 2013

Sobre aniversários


Não, não é meu aniversário. Ainda. Mas foi o do João nesse último dia 2, e o meu está chegando yaaaaay sexta-feira, dia 18, quero ver todo mundo aqui me dando parabéns e me mandando presentinhos, ok? haha
Enfim, fiquei um tempo bastante grande sem conseguir entrar e publicar aqui no blog, não é falta de interesse, de vontade ou responsabilidade, não, viu? É que (por mais que eu esteja cansada de dar essa desculpa), a escola anda me prendendo tanto que vocês não tem noção, com o ENEM chegando, então... acho que não tenho tempo nem de ir ao banheiro. Mas, deu de hiatus, quero falar sobre aniversários.

   É engraçado como a nossa mente divaga quando estamos no profundo ócio. Em uma dessas eu me peguei pensando sobre como não somos avisados sobre os aniversários, sobre como não pensamos que quando fazemos quinze anos, também temos onze, dez, cinco, três, dois e um. Aniversários não são fáceis de assimilar. Você fez onze em um dia, mas ontem mesmo estava com dez, vai demorar pra se acostumar. Você acorda no dia do seu décimo primeiro aniversário e espera se sentir mais velha, mas não, é como se ainda tivesse dez. Você não se sente com onze. 
   Em alguns dias você acaba fazendo ou falando coisas idiotas, e essa é a parte em que você ainda tem dez. Ou então, se sente frágil, com vontade de chorar, e volta a ter cinco. Você recebe uma grande responsabilidade e os onze começam a fazer peso. Mas, então, perde o equilíbrio, cai e chora no colo da mãe e é como se voltasse aos três. 
   E talvez um dia, quando você tiver 30, precise chorar como se tivesse três, e não tem problema. É como quando nossa mãe chora, talvez, naquele momento, ela esteja se sentindo com cinco anos de idade. 
  Afinal, o jeito como nós envelhecemos é como as cascas da árvore, ou os anéis de uma cebola. Cada ano dentro do próximo. Isso é envelhecer, é ter onze ou trinta anos.
   Você não se sente com onze. Não logo de cara. Leva alguns dias, ou até semanas até que você responda "onze" quando lhe perguntarem. E você não se sente verdadeiramente com onze, até que tenha doze. Querendo ou não, é como funciona.

E é assim que eu me sentirei na sexta, assim que acordar, não será como se eu já tivesse dezessete. O que dirá ano que vem, quando o peso dos 18 tentará recair sobre os meus ombros, que mal assimilaram que os dezessete já passaram. 

Filosofias a parte, querem saber como foi o aniversário do João? 
Eu não estava muito certa do que dar, sempre penso que escolher presente pra mim é muito mais fácil do que escolher pra ele, então, acho que nesse quesito ele sempre tem vantagem. Esse ano eu quis algo diferente e, inspirada nas festinhas do ScrapBi (que é um blog ótimo que eu adoro), eu resolvi fazer uma surpresinha. Como tínhamos aula o dia inteiro, tive que pegar um meio tempo no intervalo pra chamar os amigos dele e podermos comer. 
A decoração foi o mais árduo. Eu só tinha disponível a sala de dança da escola, que é cheia de espelhos. Então, não importava como eu arrumasse, não ficava bonito com tanto espelho em volta. Foi aí que a minha mãe teve a ideia de pegar umas malhas e cobrir os espelhos com elas. Deu super certo e ficou mil vezes melhor. 
Na mesa, tudo o que eu usei foi inspirado nos posts da Gabi, acabei adaptando para o que eu dispunha e deu no que deu. Querem conferir?





As fotos não ficaram boas porque o nosso tempo foi bastante curto, eu não sabia se comia ou se tirava foto pra posteridade, minha alma gorda venceu, é claro. Então, essas foram as únicas dignas de serem mostradas, o resto... 
Além da festinha bastante rápida, dei pra ele mais dois livros (mais dois no meio de tantos que ele está pra ler), espero que venham resenhas em breve. 
Bom, é isso. Que venha sexta, então! Prometo que volto pra mostrar o que eu ganhei e falar sobre o meu dia. 

Um comentário:

  1. Adorei seu texto, sabe de uma coisa a gente nunca sente a idade que tem, não se preocupe, não quer dizer que você vá sair por aí fazendo as loucuras que os 18 lhe permitem com corpinho de 30 anos, bem pra quem tem juízo né...hahaha. Eu também me peguei esses dias num susto porque daqui 3 meses eu faço 35 anos (socorro!!!) Gostei muito da ideia de cobrir os espelhos, a decoração ficou ótima! Adorei as ideias, os cup cakes...
    Beijo linda.
    Beleza Fácil/ Facebook/ Twitter/ Canal

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário! sua opinião é muito importante aqui no Vida em Marte, vou ler e responder com carinho ;)

Pin It button on image hover