Logo



Posts Recentes



02 agosto 2013

Lola e o garoto da casa ao lado


                                                            (Melina Souza)

A designer-revelação Lola Nolan não acredita em moda… ela acredita em trajes. Quanto mais expressiva for a roupa — mais brilhante, mais divertida, mais selvagem — melhor. Mas apesar de o estilo de Lola ser ultrajante, ela é uma filha e amiga dedicada com grandes planos para o futuro. E tudo está muito perfeito (até mesmo com seu namorado roqueiro gostoso) até os gêmeos Bell, Calliope e Cricket, voltarem ao seu bairro.
Quando Cricket — um inventor habilidoso — sai da sombra de sua irmã gêmea e volta para a vida de Lola, ela finalmente precisa conciliar uma vida de sentimentos pelo garoto da porta ao lado.

   Lola é uma garota que cresceu em um lar um tanto incomum. Criada em São Francisco por pais homossexuais, ela sempre foi um tanto diferente, adorando inventar moda. E tudo ia relativamente bem, ela tinha um namorado, Max, e vivia constantemente tentando fazer seus pais superprotetores aceitarem o fato de que ele tinha 22 anos enquanto Lola estava nos seus poucos 17.
   Apesar de ser uma história clichê, Perkins consegue nos prender com uma narrativa deliciosa de se ler. E, mesmo eu não gostando muito da Lola (minhas maluquices pessoais que insistem em me fazer não gostar do tipo de personagem dela), sei que ela tem tudo para conquistar o carisma dos leitores: é decidida, confiante, não tem medo de ser quem é, enfim, tem uma personalidade muito forte.
   O livro em si é daqueles romances bons de ler, rápidos, pelo menos pra mim, é daqueles em que eu leio quando estou cansada do tipo de literatura mais elaborada, pra quando eu preciso dar um ar pra cabeça, ler algo mais leve.
   O único ponto negativo de tudo (apesar da história ser daquelas que a gente imagina o final) foi a parte do término do namoro com o Max (OK, isso não é spoiler, já dá pra perceber que ela vai ficar com o carinha da casa ao lado, né? haha). Acontece que eu achava ele um cara muito legal, que apesar de mais velho do que a Lola, ele não a tratava assim, como criança, ele era bom pra ela... só que, como era de se prever, ele acabou mudando de personalidade, foi totalmente ridículo na parte que termina o namoro. Deu pra ver que foi uma jogada da autora para a Lola sair da história com razão de terminar e se apaixonar por outro... entendem?
   E Cricket? Bom, apesar do nome totalmente estranho (grilo em inglês, oi?), ele é incrível, adoro personagens como ele, inteligente, querido, prestativo... e que, apesar de amar Lola desde sempre, esperou a vida dela se ajeitar, tentou se contentar em ser amigo dela. Achei ele incrível e devo dizer que gostei mais dele do que dela.
   O contexto da obra é outro aspecto que eu devo aplaudir de pé. São muitas as pessoas que têm preconceito com casais homo afetivos, mas em Lola nós podemos ver o quanto isso deve ser visto com bons olhos, sem preconceito, e o quanto foi decisivo na vida dela. Sem falar na parte do: ser você mesmo, é tão ruim como você pensa? Perkins conseguiu reunir em uma obra muitas relações diferentes.
   Descobri depois de ler que o livro na verdade é um tipo de "continuação" de Anna e o beijo francês (o livro de maior sucesso da autora), mas esse fato não atrapalha em nada a leitura, são só dois personagens que em Lola são secundários e em Anna são os principais. E, na verdade, saber disso só me deu mais vontade de ler o outro livro dela, já que quero muito saber como começou o romance da Anna e o St. Clair s2
Enfim, se lerem Lola e o garoto da casa ao lado, não vão se arrepender, com toda certeza ele é daqueles romances momentâneos, isso você tem que ter em mente. Mas, é apaixonante, no maior estilo Meg Cabot, Stephanie Perkins consegue nos prender com um bom clichê.



8 comentários:

  1. Deveria colocar créditos na imagem, já que a dona é a Melina Souza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que você não viu, mas eu coloquei os créditos na tag, logo abaixo do post ;) mas, obrigada pelo toque, poderia ter vindo sem ser em anônimo... botei os créditos abaixo da imagem agora ;)
      Beijos

      Excluir
  2. Já ouvi falar muito desse livro, perece ser muito interessante, ameii =)
    Beijos

    http://bestfriendstoforever.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Linda ! Seu blog é lindo. Parabéns!
    Achei a história super interessante. Adorei a dica
    Bj

    FB
    www.facebook.com/pepperbijux
    www.pepperbijux.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. *--* Sou louca para ler este livro, todos falam muito bem dele!
    Parabéns pela resenha!
    Beijos, Yasmin.
    FB * http://esquisiticesfemininas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá querida gostei bastante do seu post, parabéns pelo seu trabalho.
    FB

    http://www.backstagedamoda.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Esse livro parece ser bem legal!
    Seguindo!!
    http://sorrisosautomaticos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Achei interessante pelo fato dela ser designer e gostar de se expressar pelas roupas, irei ler por curiosidade rs.

    Abraço
    www.tanakuka.com

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário! sua opinião é muito importante aqui no Vida em Marte, vou ler e responder com carinho ;)

Pin It button on image hover